(11) 3383-1200
(11) 98902-7577
 › 
 › 
GRUPO- Nepal e Tibet (ext ao Butão) com Lucila

Grupo - Nepal e Tibet com extensão para o Butão

Embarque nessa viagem para conhecer a riqueza cultural e histórica dos países Nepal e Tibet com extensão opcional ao Butão!
Visitando: Lhasa, Kathmandu
11 dias e 8 noites
Dias e noites:
11 dias e 8 noites
Terrestre
Transporte:
Terrestre
Solicite um
Orçamento
e faça esta viagem!
DIFERENCIAIS DO ROTEIRO
 

 

- 08 jantares e 06 almoços (sem bebidas);

 

- Acompanhamento de Lucila Nedelciu, para um grupo mínimo de 10 adultos pagantes*;

A partir de
USD 3.090 por pessoa
Fazer download do Roteiro

 

1º DIA: 18 de Setembro de 2021 – SÁBADO – São Paulo / Dubai/ Kathmandu

Apresentação no aeroporto internacional de São Paulo (Guarulhos) para embarque com destino a Kathmandu (conexão em Dubai).

 

2º DIA: 19 de Setembro de 2021 – DOMINGO – Kathmandu

Chegada, recepção e traslado ao hotel. Restante do dia livre. Jantar e hospedagem em Kathmandu.

 

3º DIA: 20 de Setembro de 2021  – 2º FEIRA – Kathmandu

Café da manhã. Saída para visitar a cidade, almoço em restaurante local.  Conheceremos os monumentos mais importantes da capital nepalesa: Praça Kathmandu Durbar, Palácio Kumari (deusa viva), repleta de templos, pátios e o palácio dos Reis Malla. O palácio é conhecido como Hanuman Dhoka, com uma estátua do deus macaco adjacente à entrada do palácio. O pátio principal é onde os reis do Nepal foram coroados e solenizados. Ao lado do palácio, temos uma figura gigantesca de Kal Bhairab (o Deus da destruição). 

Visitaremos a Stupa Swoyambhunath com seus 2.500 anos de história, um Patrimônio Mundial da UNESCO, um antigo complexo religioso cercado por macacos e sobrevoando a cidade no topo de uma colina, a fascinante e caótica mistura de iconografia budista e hindu. Veremos esculturas antigas e sentiremos o cheiro de lâmpadas de incenso e manteiga. A atmosfera mística é acentuada pelos devotos que fazem uma circunavegação ritual, girando as rodas de oração colocadas na base desta famosa estupa e cercadas por belas casas típicas do padre Chaityas e do mosteiro. 

Visitaremos a Praça Patan Durbar (Patrimônio Mundial), a cidade de belas artes e artesanato em metal, pedra e terracota, oficialmente conhecida como a Cidade Metropolitana de Lalitpur. É famosa por sua rica herança cultural, onde veremos seu antigo palácio com portas e janelas douradas, templos de Krishna, Shiva, templo dourado (Hiranya Barna Mahabihar), além de mosteiros e um belo pátio. 

Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Kathmandu.

 

4º DIA: 21 de Setembro de 2021 – 3º FEIRA – Kathmandu / Pashupatinath / Boudhnath / Kathmandu

Café da manhã. Saída para a Praça Bhaktapur Durbar, cercada por uma arquitetura espetacular e mostrando vividamente as habilidades de artistas e artesãos Newari ao longo de vários séculos, um exemplo de obras de madeira requintadas no Palácio das 55 janelas, com suas janelas douradas, a bela Dattatreya, Nyatapola, com o templo de Bhairab e a praça de cerâmica. Almoço. 

A continuação de Pashupatinath, "Patrimônio Mundial da UNESCO", o sagrado templo hindu de Shiva, serve como sede da divindade nacional. Este "extenso templo hindu" oferece uma "extensa coleção de templos, ashrams, esculturas" etc, por séculos, as margens do rio sagrado Bagamati, considerado Varanasi para os hindus, onde poderemos testemunhar seus rituais finais de cremação, depois visitaremos Boudhanath, "Patrimônio Mundial da UNESCO", sua enorme mandala o torna um dos maiores stupa esféricos do mundo, onde muitos refugiados tibetanos, os moradores da instalação construíram mais de 50 mosteiros budistas desde 1960. Diz-se que a Stupa enterrou os restos do Buda Kassyapa. 

Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Kathmandu.

 

5º DIA: 22 de Setembro de 2021  – 4º FEIRA – Kathmandu/ Namobuddha / Bhaktapur / Kathmandu

Café da manhã. Saída para excursão matinal a Namobuddha, um dos locais de peregrinação budista mais sagrados do Nepal, onde acredita-se que Buda tenha alimentado uma tigresa com muita fome, almoço em restaurante local.

Lá, visitaremos Bhaktapur, também chamada Bhadgaon ou Khwopa, é uma cidade no centro-leste do Nepal, a 14 km a leste de Kathmandu. Em 1991, havia cerca de 61.000 habitantes. É a sede do distrito de Bhaktapur na área de Bagmati e a terceira maior cidade do vale de Katmandu e foi a capital do Nepal até a segunda metade do século XV. 

Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Kathmandu.

 

6º DIA: 23 de Setembro de 2021  – 5º FEIRA – Kathmandu / Lhasa

Em horário apropriado, traslado ao aeroporto de Kathmandu para embarque com destino a Lhasa. Chegada, recepção e traslado ao hotel. Restante do dia livre para aclimatação com a altitude. Jantar e hospedagem em Lhasa.

 

7º DIA: 24 de Setembro de 2021  – 6º FEIRA – Lhasa

Café da manhã. Saída para visitar o Palácio Potala, o palácio de inverno de Sua Santidade, o Dalai Lama. Um complexo monumento de 13 andares, com uma altura de mais de 117 metros, que abriga 10.000 santuários, mais de 200.000 imagens e cerca de 1.000 quartos. Almoço. 

À tarde, visitaremos o Templo Jokhang do século VII, no coração de Lhasa, o templo mais sagrado de todo o Tibet e um local de poder. A rainha Bhrikuti, uma princesa nepalesa casada com o rei Songtsen Gampo, fundou o Templo Jokhang e, em reconhecimento à rainha Bhrikuti, o portão principal do templo fica voltado para o oeste, em direção ao Nepal. A estrutura mais impressionante do templo Jokhang são as muitas capelas ao redor do templo. Mais tarde, poderemos caminhar e fazer compras na popular Barkhor Square (Bazaar), onde todos os tipos de artesanato tibetano, artefatos budistas, tapetes, pinturas etc. estão à venda.  Jantar e hospedagem em Lhasa.

 

8º DIA: 25 de Setembro de 2021  – SÁBADO – Lhasa

Café da manhã. Saída para visitar o Mosteiro de Drepung, antiga residência do Terceiro, Quarto e Quinto Dalai Lamas. Este palácio de inverno abrigava centenas de monges de todos os principais mosteiros de Geluk, para ocupar capelas individuais. O complexo de 20.000 metros quadrados sobreviveu incólume, mesmo durante a Revolução Cultural. Almoço. 

À tarde, visitaremos o Mosteiro de Sera, fundado em 1419, a 5 km de Lhasa. Sente-se na atmosfera mais bonita e charmosa da base do Monte Purbuchok. O Mosteiro de Sera costumava ser um importante centro de aprendizado, onde residiam cerca de 6.000 monges. A característica mais intrigante aqui é a imagem dourada de nove metros; aqui também se pode testemunhar o debate prático entre os monges, que contrapõem seus conhecimentos. 

Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Lhasa.

 

9º DIA: 26 de Setembro de 2021  – DOMINGO – Lhasa

Café da manhã. Saída para visitar Norbulingka, "Norbulingka" significa ‘’Parque dos Tesouros' em tibetano. O jardim ocupa uma área de 360.000 metros quadrados, com 374 quartos no maior jardim artificial da região autônoma do Tibet. Construído na década de 1740, por ordem do 7º Dalai Lama, mais tarde foi usado como o Palácio de Verão dos sucessivos Lamas, onde eles resolveram problemas políticos e realizaram celebrações festivas. Os murais retratados no palácio mostram o gentil e calmo Sakyamuni e seus oito discípulos contemplativos e contam o desenvolvimento do Tibet nos quadrinhos. Almoço. 

A visita tardia ao convento Ani Tsankhung é uma das escolas Gelug do budismo tibetano na cidade de Lhasa. Foi construído no século XV em um local que havia sido usado para meditação pelo rei tibetano Songtsen Gampo do século VII. As freiras se sustentam através de esmolas e itens de fabricação, como roupas e textos impressos. 

Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Lhasa.

 

10º DIA: 27 de Setembro de 2021  – 2ª FEIRA – Lhasa / Kathmandu / Dubai / São Paulo

Em horário apropriado, traslado ao aeroporto de Lhasa para embarque com destino a Kathmandu, de onde embarcaremos de volta ao Brasil (conexão em Dubai).

 

11º DIA: 28 de Setembro de 2021  – 3ª FEIRA – São Paulo

Chegada e fim de nossos serviços.

 

 

EXTENSÃO OPCIONAL AO BUTÃO:

10º DIA: 27 de Setembro de 2021  – 2ª FEIRA – Lhasa / Kathmandu 

Em horário apropriado, traslado ao aeroporto de Lhasa para embarque com destino a Kathmandu. Chegada, recepção e traslado ao hotel. Hospedagem em Kathmandu.

 

11º DIA: 28 de Setembro de 2021 – 3ª FEIRA – Kathmandu / Paro / Thimphu

Em horário apropriado, traslado ao aeroporto de Kathmandu de onde embarcaremos para Paro. Chegando ao aeroporto de Paro, continuaremos a Thimphu, passando pelos belos vales de Paro e Thimphu até a capital do Butão. Almoço. 

À tarde, se o tempo permitir, visitaremos o famoso memorial do rei Chorten. 

Visita a Tashichodzong, localizado nas margens de Wang Chhu. É o lar da Assembléia Nacional e a residência de verão da venerável comunidade monástica da capital. O Dzong é o resultado impressionante de um redesenho da estrutura medieval original sancionada pelo Terceiro Rei, HM Jigme Dorji Wangchuck. 

Jantar e hospedagem em Thimphu.

 

12º DIA: 29 de Setembro de 2021 – 4ª FEIRA – Thimphu

Café da manhã. Saída para visita à Kuensel Phodrang, a maior estátua de Buda, com uma vista magnífica sobre o vale de Thimphu. Almoço. Visita a Changangkha Lhakhang, centro de preservação de Takin, para ver o animal nacional. A Biblioteca Nacional do Butão está localizada perto da escola de pintura de Thangka e contém indiscutivelmente a melhor coleção de literatura histórica e religiosa do Himalaia. O país tem sua própria marca de medicamentos do Himalaia e isso pode ser visto no Hospital Indígena. O Museu do Patrimônio Têxtil e Folclórico, inaugurado em 2001, é um testemunho fascinante da cultura material e das tradições vivas do Butão. Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Thimphu.

 

13º DIA: 30 de Setembro de 2021 – 5ª FEIRA – Thimphu / Punakha

Café da manhã. Saída em direção a Punakha, passando pelo Dochula Pass (10.000 pés), de onde poderemos ver a bela vista da cordilheira do Himalaia em um dia claro e ensolarado. Visita a Punakha Dzong, na confluência dos rios Pho Chhu e Mo Chhu, que é a casa de inverno do chefe do Corpo Monástico Central liderado por HH, Je Khenpo (o endereço principal), este local é a antiga capital do país e sede do governo até 1955, a capital foi transferida para Thimbu. 

O Dzong foi construído por Tuebi Zaow Balip em 1637; considerado o mais bonito do país. O Dzong abriga as relíquias mais sagradas da Escola Drukpa Kagyu South, incluindo o Rangjung Kasarpani em 1907. Punakha Dzong foi o local da coroação de Ugyen Wangchuck como o primeiro rei do Butão. Três anos depois, foi assinado um tratado em Punakha, no qual os britânicos concordaram em não interferir nos assuntos internos do Butão e o Butão permitiu que a Grã-Bretanha dirigisse seus assuntos estrangeiros. Almoço. Mais tarde, caminharemos pelo vale de Punakha para ver a fazenda e a arquitetura do Butão. Jantar e hospedagem em Punakha.

 

14º DIA: 1 de Outubro de 2021 – 6ª FEIRA – Punakha / Paro

Café da manhã. Visita a Chimi Lhakhang, um importante mosteiro/templo budista em Punakha. Foi construído em 1499 pelo 14º hierarca de Drukpa, Ngawang Choegyel, depois que o local foi abençoado por "Divine Madman", o santo dissidente Drukpa Kunley (1455-1529) que construiu um Chorten no local. Ele era conhecido como "Louco Santo" ou "Louco Divino" por suas maneiras pouco ortodoxas de ensinar budismo, canto, comportamento humorístico e ultrajante, que era bizarro, chocante e com conotações sexuais. Ele também é o santo que defendia o uso de símbolos de falo como pinturas nas paredes e como falos de madeira esculpidos em cima de casas nos quatro cantos das vésperas. 

O mosteiro é o repositório do símbolo original do falo de madeira que Kunley trouxe do Tibet. Este falo de madeira é decorado com uma alça de prata e usado para abençoar as pessoas que visitam o mosteiro em peregrinação, especialmente as mulheres que buscam bênçãos para serem mães. A tradição no mosteiro é acertar na cabeça os peregrinos com um falo de madeira de 10 polegadas (25 cm). Tradicionalmente, os símbolos de um órgão masculino no Butão visam afastar o mau-olhado e as fofocas maliciosas. Retorno a Paro e passeio noturno pela cidade. Almoço. Jantar e hospedagem em Paro.

 

15º DIA: 2 de Outubro de 2021 – SÁBADO – Paro

Café da manhã. Saída para visita ao mosteiro Taktshang: é um dos mais famosos mosteiros do Butão, situado ao lado de um penhasco a 900 metros acima do vale de Paro. Dizem que o Guru Rinpoche chegou aqui nas costas de uma tigresa e meditou neste mosteiro e, portanto, é chamado de 'Ninho do Tigre'. Este site foi reconhecido como um local sagrado e visitado por Zhabdrung Ngawang Namgyal em 1646 e agora visitado por todos os butaneses pelo menos uma vez na vida. A caminhada até o mosteiro faz uma excursão esplêndida de meio dia. Mais tarde, visitaremos Paro Dzong, um belo exemplo da arquitetura histórica do Butão. Também é conhecido como o Rinpung Dzong, que significa uma "fortaleza que fica em uma pilha de jóias". Este imponente dzong localizado acima do rio Paro é um belo exemplo da arquitetura butanesa, com suas paredes inclinadas para dentro que se elevam a uma altura impressionante. 

O dzong foi construído no século 16 sobre a fundação de um mosteiro construído por Guru Rinpoche (que é considerado o "segundo Buda"). Do Dzong, caminharemos mais até Nyamai Zampa, uma ponte cantilever tradicional mais antiga do Butão e também visitaremos o Museu Nacional, que agora está localizado em um salão perto do Ta Dzong (Museu Nacional), pois agora está fechado para os visitantes devido a grandes rachaduras que se formaram durante o terremoto de setembro de 2011 que atingiu bastante o Butão. Almoço. Retorno ao hotel. Jantar e hospedagem em Paro.

 

16º DIA: 3 de Outubro de 2021 – DOMINGO – Paro / Kathmandu

Em horário apropriado, traslado ao aeroporto de Paro para embarque de retorno a Kathmandu. Chegada, recepção e traslado ao hotel. Restante do dia livre para atividades independentes. Hospedagem em Kathmandu.

 

17º DIA: 4 de Outubro de 2021 – 2ª FEIRA – Kathmandu / Dubai / São Paulo

Em horário apropriado, traslado ao aeroporto de Kathmandu para embarque de retorno ao Brasil (conexão em Dubai).

 

18º DIA: 5 de Outubro de 2021 – 3ª FEIRA – São Paulo

Chegada e fim de nossos serviços.

 

Outros Roteiros
GRUPO - Marrocos Espetacular
14 dias / 12 noites
Transporte: Terrestre
Visitando: Casablanca, Fez, Erfoud , Ouarzazate, Marrakech , Chefc...
Marrocos, um reino ensolarado no noroeste da África, surpreende aos que imaginam apenas paisagens desértic... [mais detalhes]
GRUPO - Egito - Terra dos Faraós
10 dias / 8 noites
Transporte: Terrestre
Visitando: Cairo , Cruzeiro pelo Nilo
Viaje com a Raidho e conheça a grande riqueza histórica e cultural do Egito. [mais detalhes]
GRUPO - Irã, o Mundo Persa
12 dias / 11 noites
Transporte: Terrestre
Visitando: Teerã , Shiraz, Yazd, Isfahan
Conheça a terra que foi casa do Império Persa e uma importante rota entre Europa e Ásia. [mais detalhes]
© Raidho Viagens 2020 - Todos os direitos reservados
sites • lojas virtuais • sistemas